4 de jan de 2012

Os Encantos Felinos.

Por: Rafael Nascimento dos Santos




O que houve? O que a fez ficar triste?
Duas perguntas e nenhuma resposta, soltas no ar, feita por um gato que na sala observava sua dona sobre o sofá tristonha.
Já sei, foi aquele cara novamente. Não da para acreditar que você se deixou levar por aquele triste, aquele Zé ninguém, sei que quando temos um grande amor deixamos sempre de lados os erros do ser amado. Mas pelo jeito foi o fim.
A jovem de tão triste que estava não deu a mínima para o miado do gato que havia adentrado a sala.
O gato vendo a enorme tristeza de sua dona, foi ate as pernas dela e se enroscou tentando chamar a sua atenção, mas nada resolveu, a tristeza era enorme, continuou sem dar a mínima.
Caramba, você esta triste mesmo. Você não pode se deixar se abalar por causa daquele idiota. Vamos, é uma ordem, se alegre a vida continua.
Só tem um jeito de chamar sua atenção, pensou o gato.
Saltou sobre o sofá, ligeiramente, sobre o sofá caminhou lentamente  de forma a mexer seus quadris, tentando atrair o olhar de sua dona, aos poucos, foi se aproximando lentamente cada vez mais e mais da jovem que ali triste permanecia.
No instante em que o gato saltou sobre o sofá, ela se deu conta que ele havia percebido sua tristeza e estava tentando chamar sua atenção, te distrair.
Que bom! Que percebeu que estou aqui. Não quero você triste. Alegre-se!!!!!
Quando estava bem próximo da jovem, o gato deu um salto, em direção as pernas da jovem, caindo sobre elas de barriga para cima, não é de costume, um gato cair de barriga para cima, porque todo gato cai em pé, mas desta vez era por um motivo maior. Ele queria distrair sua dona através de seu charme de gato, e alem disso ganhar carinho também estava carente.
Ao fim de todos o espetáculo de exibição do gato sua dona havia esquecido do que tinha lhe deixado triste.  

0 comentários:

Postar um comentário

Por favor, não postar somente propagandas sobre seu blog, comentem sobre a postagem.
Ao fim dos comentários colocar o link de seu blog ou outros que desejar.
Obrigado pelo comentário.