17 de dez de 2010

Na espera


Por: Rafael Nascimento dos Santos.

Em uma pequena janela uma jovem espera...

...espera aquele que seu coração entregou.

Seu nome é Leo um jovem americano que um dia veio para o Brasil para conhecer o país e em busca de novos horizontes enquanto passeava por salvador avistou ao longe uma jovem linda de cabelos longos e negros vindo em uma bicicleta a pedala sozinha. Desde o momento que a viu não deixou de pensar na jovem.

Enquanto o jovem a cada momento em que ela chagava mais perto ele ficava encantado com sua beleza, mas só tem um problema enquanto ele observava a jovem ele não viu que outra bicicleta vinha em sua direção e...

...terminou atropelando-o.

―Me desculpe, disse o rapaz que estava na bicicleta.

―Não, não foi nada foi minha culpa disse Leo.

Foi a partir desse momento que a jovem percebeu e também não tirou de sua mente e de sua retinha aquele jovem, mas também não teria como esquecê-lo pela cena que chamou a atenção da jovem.

Mesmo com aquela cena a jovem passou direto e foi embora.

Passaram alguns dias e o final de semana se aproximava e a jovem já tinha alguns planos para o fim di semana, mas enquanto não chagava a jovem não tirava de sua mente o jovem que ela tinha visto.

Chegando o fim de semana a jovem resolveu sair para tentar esquecer aquela imagem que estava em sua mente porque ela acreditava que ano iria vê-lo mais.

Quando chegou na festa ela tentou de todos os modos tirar aquela imagem de sua cabeça, mas sabe o que aconteceu, mesmo que com tantas pessoas a sua volta como: rapazes do jeito que ela queria ela podia ate opinar e escolher aquele que mais se identificava com ela, mas aquela imagem não saída de sua cabeça.

Mas ela não sabia que o jovem Leo acabara de chegar na festa. Ele também estava com o mesmo objetivo que ela, ele também não acreditava que iria vê-la novamente.

Enquanto a festa rolava os dois se divertiam sem que nenhum deles soubesse que estavam naquele local.

Enquanto a banda tocava eles si divertiam ate que por uma outra coincidência muito maior que todas as outras os dois quase ao mesmo tempo resolveram ir em direção ao bar que havia naquele local estava com cede e queria naquele momento beber algo que tentasse tira-los daquele lugar e os levassem para outro lugar, ou melhor tentar esquecer aquela imagem. Quando a jovem chegou no bar de imediato ela pediu uma bebida bem forte, e logo depois o jovem chegou ele estava mais distante que ela do bar, logo de imediato o jovem lembrou daquele lindo rosto e...

―Quero o mesmo que ela e deixe que eu pago o meu e o dela.

Oi não me apresentei meu nome é Leandro mais conhecido por Leo e o seu qual é?

Oi meu nome é Daniela, mas pode me chamar de Dani.

Você é a moça da bicicleta não é? Disse o jovem Leo.

É eu sou.

Que bom estava querendo te conhecer.

Eu também gostaria de te conhecer.

Onde você mora? perguntou a jovem para Leandro.

Moro nos estados unidos e vim aqui para conhecer o Brasil e buscar novos horizontes, mas acredito que encontrei algo muito melhor do que eu achava que iria conhecer aqui.

E o que foi que você conheceu que é muito melhor do que você imaginava encontrar aqui no Brasil?

Você.

Mas você nem me conhece direito estamos nos conhecendo agora.

Mas você acredita em amor a primeira vista.

Posso dizer que sim disse a jovem para o rapaz.

Porque me apaixonei por você a primeira vez que te vi. Eu achava que não iria te ver mais.

Eu digo o mesmo disse a jovem.

E olhar o que aconteceu, te vi pela primeira vez quando estava andando de bicicleta e agora estamos aqui a conversar sobre nós. Mesmo não acreditando em amor a primeira vista eu me apaixonei e agora estou aqui ao seu lado e não fizemos nada para nos encontrar o primeiro contato que estamos tendo é agora. O que você me diz sobre tudo isso que aconteceu.

Realmente não posso deixar de pensar que o universo conspirou para que a gente esteja aqui juntos.

Realmente.

Enquanto conversava a festa ia rolando ate que o jovem disse: já vou.

Para onde? disse a jovem.

Vou para casa mais tarde tenho que ir para os estados unidos.

Você voltará?

Acredito que sim, só tem uma coisa você ira me esperar?

Se você disser que ira vim me buscar eu irei te esperar.

E foi assim que a jovem Daniela ficou.

Dia após dia ela ficava em sua janela de seu quarto a sonha e a esperar o jovem americano.

Eles mantinha o contato através do telefone, msn, entre outros meios de comunicação acessível para eles.

Ate que um dia o jovem resolveu vim para o Brasil novamente, mas agora não foi com o objetivo de conhecer o Brasil, mas com o objetivo de lavar sua amada para o seu país e foi isso que aconteceu e vocês sabem o que acontece daqui por diante. Não é?

0 comentários:

Postar um comentário

Por favor, não postar somente propagandas sobre seu blog, comentem sobre a postagem.
Ao fim dos comentários colocar o link de seu blog ou outros que desejar.
Obrigado pelo comentário.