14 de jan de 2012

Desfrutando da Liberdade

Por: Rafael Nascimento dos Santos




Durante o dia, desfrutei da liberdade que eu tinha sobre o tempo e o espaço. Busquei explorar meu tempo do hoje para experimentar novos mundos e do espaço que me cercava busquei outras formas de usá-lo ou deixá-lo em desuso. Em companhia de um grande companheiro de aventuras passamos o dia a explorar cada pequeno espaço que havia a nossa volta. Com uma pequena bola levemente áspera por ter tido um desgaste sobre sua superfície, buscamos explorar sua potencialidade, colocando-a para saltitar por entre as estruturas rugosas e rígidas de concreto no nos protegia das intempéries criando diversas trajetórias sobre o espaço a cada ponto que atingia, mudava-se sua trajetória dando graça a seus movimentos formais, mas mesmo neste ambiente podia-se perceber uma leve brisa que perpassava por entre nós acariciando nossa pele e anunciando que haveria maiores ventos o mais breve possível. Passamos o dia a brincar, como se o tempo naquele momento não tivesse o menor valor, o que desejávamos era passarmos o dia a brincar e ter novamente aquela sensação que mesmo que o tempo tenha passado, naquele momento a sensação que prevalecia era a de ter voltado a ser uma criança, sem o peso da responsabilidade que o mundo nos impõe, fazíamos aquilo pelo simples desejo da liberdade de pensamento, de sentimento, de liberdade pela liberdade. Continuamos ali aproveitando cada espaço que o tempo nos permitia prosseguir naquele ilusório desejo de liberdade e euforia de ter a sensação de ser criança novamente. Tudo isso era permitido enquanto o tempo não nos impedisse ou vinhé-se nos colocar em sua trajetória novamente e nos infligir a ordem de voltar a ser controlado por ele e ter que voltar a rotina rígida, mas necessária para continuarmos em frente.

0 comentários:

Postar um comentário

Por favor, não postar somente propagandas sobre seu blog, comentem sobre a postagem.
Ao fim dos comentários colocar o link de seu blog ou outros que desejar.
Obrigado pelo comentário.